Sede Provincial

O ano de 1937 é um marco referencial na história das Irmãs de Notre Dame no Brasil. Com autorização da Superiora Geral, é criada e instalada a Província Santa Cruz, o que transferiu maior autonomia à missão em terras brasileiras. A sede provincial está em Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

Atual Administração Provincial

Ir. Ulda Maria Mattje – Vice-Provincial

Ir. Maria Pin – Conselheira

Ir. M. Elci Rosa Favaretto – Conselheira

Ir. M. Helena Kumpfer – Conselheira

Ir. Maria Helena Rovani – Ecônoma provincial

Ir. M. Melania Strehl – Secretária provincial

Ir .Maria Inês Weber – Superiora Regional do Acre

Ir. M. Bernardete Fengler- Superiora Regional de Moçambique, África.

 

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a Sede Provincial

  1. Paulo Peruzzolo Antunes disse:

    Parabéns à irmã Alcidia, pela coragem, confiança e responsabilidade de assumir a vice-presidência da Casa Generalicia em Roma. Ela sempre demonstrou ter força, personalidade e dedicação à causa das irmãs de Notre Dame e não seria agora quando chamada para tão alto cargo, que ela iria recusar. Quem sabe ela venha a ser a próxima Superiora Geral, capacidade não lhe falta. Este chamado, com certeza representa a importância da presença da irmãs no Brasil, com suas imensas obras, seu legado, sua dedicação na educação e formação de milhares de crianças e jovens, berm como no atendimento as pessoas carentes e doentes.

  2. Paul disse:

    Parabéns à irmã Alcidia, pela coragem, confiança e responsabilidade de assumir a vice-presidência da Casa Generalicia em Roma. Ela sempre demonstrou ter força, personalidade e dedicação à causa das irmãs de Notre Dame e não seria agora quando chamada para tão alto cargo, que ela iria recusar. Quem sabe ela venha a ser a próxima Superiora Geral, capacidade não lhe falta. Este chamado, com certeza representa a importância da presença da irmãs no Brasil, com suas imensas obras, seu legado, sua dedicação na educação e formação de milhares de crianças e jovens, berm como no atendimento as pessoas carentes e doentes.
    +1

Deixe um comentário